quinta-feira, 26 de novembro de 2009

cinco anos

para a Mariana, com saudades


Vila Nova de Foz Coa, Portugal
2009


"Bebido o luar, ébrios de horizontes,
Julgamos que viver era abraçar
O rumor dos pinhais, o azul dos montes
E todos os jardins verdes do mar.

Mas solitários somos e passamos,
Não são nossos os frutos nem as flores,
O céu e o mar apagam-se exteriores
E tornam-se os fantasmas que sonhamos.

Por que jardins que nós não colheremos,
Límpidos nas auroras a nascer,
Por que o céu e o mar se não seremos
Nunca os deuses capazes de os viver."
Eugénio de Andrade

2 comments:

AB 11/27/2009 10:28 da manhã  

Que cores! Uma colina psicodélica!

anaPaipita 12/01/2009 1:46 da manhã  

muito psicadélica! :)

***

Impressões

Grãos no pó

  © Blogger template 'anaPaipita' adapted from Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP