sábado, 10 de outubro de 2009

selfmade me #3


Foz do Arelho, Portugal
2009

"Eu tenho uma espécie de dever, de dever de sonhar,
de sonhar sempre,
pois sendo mais do que
um espectador de mim mesmo,
Eu tenho que ter o melhor espectáculo que posso.
E assim me construo a ouro e sedas,
em salas supostas, invento palco, cenário para viver o meu sonho
entre luzes brandas e músicas invisíveis."
Bernardo Soares, Livro do Desassossego

3 comments:

Gaivota 10/10/2009 5:29 da tarde  

Fico à espera das fotos do andar superior! Esta quadratura está genial! :) Quanto ao poema... sou suspeita! Uma daydreamer incurável! É bom existirem pessoas que também acreditam nos sonhos e que nos dão (pre)Textos/ (condi)Mentos para sonhar ainda mais! Bem-hajas! :)

AB 10/12/2009 4:40 da tarde  

Making yourself four times over!

anaPaipita 10/17/2009 7:21 da tarde  

Gaivotinha, são os teus olhos! (mesmo com miopia ;) )
Vou ter que dizer, mais uma vez, obrigada... Fico muito feliz por te ter por cá, a partilhar os meus sonhos.

***

AB, one time, so far... still trying the other 3. ;)

***

Impressões

Grãos no pó

  © Blogger template 'anaPaipita' adapted from Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP