sábado, 14 de fevereiro de 2009

bare


Isla Bastimentos - Bocas del Toro, Panamá
2008


"A pouco e pouco,
aprendi que nenhum viajante vê o que
outros viajantes, ao passarem pelos mesmos
lugares, vêem.
O olhar de cada um, sobre as coisas
do mundo,é único, não se confunde com
nenhum outro."
Al Berto, O Anjo Mudo

3 comments:

Ana 7/27/2009 11:37 da tarde  

Ana, desde que comecei a explorar este maravilhoso blog que fiquei viciada. Sempre que posso dou cá 1 saltinho, ando a conhecer pouco a pouco. E todas as vezes descubro algo lindo, adoro as fotos e adoro as "legendas", os poemas.
Queria escolher a minha foto preferida para deixar o meu comentário, mas não consegui, gosto de tantas que não sou capaz de escolher. Esta é (das que eu mais gosto) a mais recente que não tem nenhum comentário, foi por isso que a escolhi. Adoro as botas!
Há tantas coisas que me apetecia dizer mas não quero ser maçadora, por isso fico por aqui.
Deixo só uma música que adoro e que, para mim, é a banda sonora perfeita para as tuas fotos, para o blog.

www.youtube.com/watch?v=jhOwgKOr5bI

Um abraço

Ana Sofia

Ana 7/27/2009 11:47 da tarde  

Só faltou uma coisa, obrigada, obrigada por (me) permitires entrar um bocadinho no teu olhar, no teu mundo. É lindo!

Ana Sofia

anaPaipita 7/29/2009 11:19 da tarde  

eu também adoro as minhas botas! :)

acredito exactamente no que está aqui escrito: o que faz a diferença não é a imagem, são os olhos.
com aquilo que consigo da máquina (que nem sempre acompanha os meus olhos) e com as "legendas" tento uma aproximação mais fiel àquilo que são as minhas impressões, no momento ou depois dele... fico feliz por saber que (mesmo podendo não ser as mesmas) essas impressões ficam também em algumas outras pessoas.
por isso quem agradece sou eu: obrigada!

não conhecia a música, tenho que a ouvir com atenção para ver como encaixa no meu Drão. Sorry, Grão.. ;)

***

Impressões

Grãos no pó

  © Blogger template 'anaPaipita' adapted from Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP